Conheça as garotas de programa de 2050

Sexo seguro? É só remover o USB corretamente //Crédito: Reprodução

Pesquisa diz que, em um futuro não tão distante, a profissão mais antiga do mundo será executada por mulheres feitas de chips e movidas à bateria.


Pagar para fazer sexo com um robô? Há quem diga que esse será  futuro da prostituição. A dupla de pesquisadores neo-zelandeses, Ian Yeoman e Michelle Mars, chegou a essa conclusão em um estudo com o improvável nome “Robots, Men And Sex Tourism” (Robôs, Homens e Turismo Sexual).


A pesquisa é taxativa: até 2050, homens irão frequentar bordeis procurando por androids-prostitutas. Acredita-se que o preço inicial será algo em torno de 10 mil dólares, que incluiria desde uma dança sensual até o ato sexual propriamente dito.


O pessoal da NMA World Edition já fez uma animação para ilustrar essa previsão no mínimo bizarra:
 Fonte: Galileu

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado depois de moderado