Blogueira que queria transar com cem homens diz que parou de contar



"Letícia Fernandez", 31, reparou que estava transando com dois parceiros diferentes por semana. Era fevereiro: naquele ritmo, faria 96 em um ano. Como 96 é quase cem, criou o blog Cem Homens para compartilhar sua promessa de Ano-Novo: transar com a maior quantidade possível de homens em 2011.

"O número redondo e o trocadilho chamam atenção, mas nunca me obriguei a transar só para atualizar o blog", avisa Letícia, que é jornalista e usa pseudônimo para não prejudicar a carreira.

Ela parou de contar lá pelo trigésimo (antes, cada post era um número, pela ordem). Agora, publica os casos, mas não diz quando foi e nem a quantas anda a sua meta.


Por telefone (não dá entrevista ao vivo, ficou chateada depois de ser descrita como "acima do peso" em um perfil) e com sotaque carioca (mas morando em São Paulo), a causadora de tanto barulho diz que só pretendia aumentar a variedade na cama e se conhecer melhor.

O blog tem muito sexo e companhia e também espaço para lamentações da autora: umas se referem aos comentários grosseiros que os textos despertam, outras são sobre depressão, desemprego e dificuldade em pagar a Eletropaulo (o que quase a fez acabar com o blog).

Em seus 16 anos de vida sexual, Letícia diz ter dormido com uns 120: "Sempre fiz sexo casual. Para mim, a diversidade é importante. Sem ela, fico bem menos satisfeita".

Que coragem, ainda que anônima! Mulheres são impelidas a ter menos parceiros ou a esconder a soma real para se valorizar: "A moral sexual é mais complexa do que outras questões práticas da igualdade entre sexos. Ainda hoje, a mulher que declara ter tido muitos homens não é respeitada", diz a antropóloga Mirian Goldenberg, da UFRJ.

Goldenberg pesquisou a quantidade de parceiros entre homens e mulheres.  Ela diz ter se impressionado com a imprecisão das respostas masculinas: "Entre eles, 28% responderam 'mais de dez' ou 'muitas, perdi a conta'. Já elas sabiam exatamente com quantos foram para a cama, como se cada um fosse significativo".







Fonte:folha

18 comentários:

  1. Não vai passar de uma vadia e assim sempre será. Mulher como essa não arruma nada sério e assim que sempre vai e deve ser.

    ResponderExcluir
  2. O q vc penssa quando um homem chama uma mulher que dormiu com 100 homens de puta ? a unica diferenca e q um homem nunca aceitara casar com uma mulher q dormiu com 100 homens , agora uma mulher aceita casar com um homem q dormiu com 100 mulheres

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho meu desafio pessoal, inspirada por esse blog. O plus é que faço com namorado, ISSO me torna vadia. Já essa menina nao deve nada a ngm, tá certa msm.

    ResponderExcluir
  4. Antes de puta ou qualquer coisa assim, pra mim essa mulher só quer chamar atenção. E vem conseguindo

    ResponderExcluir
  5. Puta, hehe, depois pega uma gonorreia da vida e não sabe pq,

    ResponderExcluir
  6. Vagaranha --- me liga vai ...

    ResponderExcluir
  7. isso e errado ,mais se ela fosse homem garanto que todo mundo falava "esse e o cara" se ela pegar doenças azar e dela Mais fica bem claro Eu NAO concordo do que ela faz

    ResponderExcluir
  8. uma baita vagabunda,qual o trouxa q vai querer casar com essa vadia? eu não....

    ResponderExcluir
  9. eu não li em nenhum momento algo sobre ela estar procurando um marido... Pq tantos comentários dizendo q ngm vai querer casar com ela? O Pior é q a maioria dos comentários deve ter vindo de mulheres loucas de inveja. Não é minha filosofia de vida mas não acho q seja errado, desde q ela se proteja.

    ResponderExcluir
  10. Roberta Chamberlain4 de dezembro de 2011 23:29

    o Pessoal fica chamando de puta e talz, pra mim é só uma mulher que tranza com caras (nossa JURA?!!?) devido a sociedade machista, ela é puta e blabla bla, pra mim puta é quem cobra, ela só ta se divertindo, e teve muita coragem de falar abertamente sobre isso. E cuidado homens vocês podem ter uma namorada que ja fez sexo com muito mais e vc nem sabe. E isso é uma forma de preconceito você julga uma pessoa por seus parceiros sexuais ótimo, bom pra você.

    ResponderExcluir
  11. Bando de preconceituosos.
    Admiro a coragem dessa mulher, ela vive a vida dela como bem entende e ninguém tem nada a ver com isso.
    Se fosse um homem ninguém falaria nada, aposto que alguns desses anônimos são mulheres e eu acho incrível como até mulheres conseguem ser machistas, acordem!

    ResponderExcluir
  12. Concordo com o amigo[amiga?] ai de cima!! ninguem tem nada a ver com isso!! e se fosse homen ninguem iria falar nada!! e ainda acharia o cara "foda" cada um vive sua vida do geito que se sente melhor!! cada um faz suas escolhar e não tem errado ou certo nisso!!

    ResponderExcluir
  13. As vezes posto lá...mas ela é muito grosseira com os leitores, não aceita ser questionada, dialogar..

    Alem do mais é contraditória: se apaixonou feito uma boba e já queria morar junto depois de 2 meses..levou um pé.

    Mulher é tudo igual, ela não é diferente das romånticas/ caretas como eu.

    ResponderExcluir
  14. Infelizmente a midia se tornou e se torna a cada dia que se passa, só uma ferramenta para EMBURRECER a população, e manter essa merda de governo que não investe em educação, e sim em bolsa FAZ FILHO, no poder, gente pra que tanta atenção para algo como isso?, porque ao invez de perde tempo com uma bosta dessas não tao estudando, pensando no vestibular? vão me dizer que fazem isso, e que o tempo livre fazem oque bem entender... eu acredito que um pais aonde o salario minimo é de 600 reais e olha lá, não deveríamos ter tempo livre =\

    ResponderExcluir
  15. oS QUE CHAMAM DE PUTA, SÃO OS MESMOS QUE FICAM LOUCOS PRA TRANSAR COM ELA.

    APOSTO TUDO UM BANDO DE PUNHETEIROS INVEJOSOS, POIS ELA MESMO SENDO GORDISSIMA TÁ TRANSANDO E VOCES SE MATAM DE MALHAR NA ACADEMIA DO BAIRRO NÃO TÃO ARRUMANDO NADA.

    KKKK

    BANDO DE ZÉ VIRGEM

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado depois de moderado